Transporte maritimo

Transporte

Use um leitor de QR code ou acesse https://app.vc/transporte_maritimo pelo celular

O prefeito de Florianópolis (SC) em exercício, João Amin, e outras autoridades da prefeitura fizeram nesta terça-feira (7) uma viagem de teste no barco que poderá ser usado para o transporte público marítimo na capital. A travessia foi do Centro ao Continente. Uma licitação para explorar o serviço deve ser aberta no primeiro semestre deste ano.



O barco foi trazido da Argentina por uma empresa catarinense só para o teste. A viagem experimental até o Continente durou 21 minutos e a volta, 16 minutos. “A gente ganharia tempo. E tempo é dinheiro. Um ônibus hoje leva uma hora e nós vamos fazer em quinze minutos. Eu acho que essa já é razão lógica pra usar o transporte marítimo”, afirmou o empresário Aldo Maciel. Dentro do barco, chamado de Acquabus, há espaço para mais de 40 passageiros sentados.



Outras linhas

A primeira linha do transporte marítimo deverá ligar o Centro ao Bairro Abraão, no lado continental. Se o projeto der certo, outras duas linhas podem ser criadas: do Centro a Canasvieiras e do Centro ao Ribeirão da Ilha. “Por exemplo, alguém que estiver no Centro da cidade e quiser conhecer o Ribeirão da Ilha, uma grande opção é para que faça esse trajeto via mar, que é uma das coisas que a gente tem de mais bonita na cidade”, disse a secretária de Turismo, Maria Cláudia Evangelista.



“A licitação vai prever a exploração desse tipo de serviço e o mais importante é que ele já esteja integrado com o transporte público que já existe na cidade de Florianópolis”, afirmou João Amin.



Segundo uma das empresas interessadas no serviço, a travessia pode ficar em torno de R$ 12. Porém, o prefeito em exercício disse que ainda não há valor definido. A tarifa será determinada por uma licitação, que deve ser aberta ainda no primeiro semestre.



Leia também:

Florianópolis deverá ter bicicletários em terminais até 2014

Bicicleta supera carro em teste de mobilidade em Florianópolis

Plano Diretor de Florianópolis traz propostas para mobilidade urbana.


Denunciar este App Suporte