O Rico e o Pobre Lázaro

Educação

Use um leitor de QR code ou acesse https://app.vc/o_rico_e_o_pobre_lazaro pelo celular

O tema de hoje é extremamente importante, pois nos dará uma boa noção do entendimento que as Escrituras dão sobre a nossa alma pós-morte.

Esta parábola extremamente séria nasceu da zombaria dos fariseus com relação ao ensinamento da parábola que tinham ouvido dos lábios de Jesus – A Parábola do mordomo infiel. (Lc 16:1-14).

Aqueles líderes religiosos possuíam uma vida de luxo, e viviam no amor ao dinheiro e nos prazeres que a riqueza podia comprar.

No entanto, zombaram do conselho sobre a melhor maneira de usar os bens materiais em benefício de outras pessoas, de tal forma que conquistassem recompensas eternas.

O seu dinheiro lhes pertencia e eles não queriam algum conselho de Jesus sobre como usá-lo corretamente.

Surgiu então essa parábola, a qual ensina sobre o terrível fim daqueles que vivem apenas para satisfazer os seus próprios desejos, pecaminosos e egoístas.

Antes de examinarmos a série de grandes contrastes e suas aplicações, devemos afirmar que o rico não foi para o inferno porque era rico, e nem Lázaro foi para o seio de Abraão porque era pobre. Há multidões de pessoas no céu que uma vez foram ricas, exatamente como há milhares de pessoas no inferno, que uma vez foram pobres.

Para ouvir esta mensagem em MP3, clique aqui:[BR]
https://soundcloud.com/pb-joao-placona/o-rico-e-o-pobre-l-zaro

Se desejar adquirir esta mensagem, clique:

www.portaldasbencaos.com.br

Fique na paz do Senhor![BR]
Pb. João Placoná – Bacharel em Teologia, Pregador da Palavra, Palestrante e Articulista.

Denunciar este App Suporte